---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Legislação

Lei Ordinária 4.589/2019

Publicada em: 11 jun 2019

Ementa: Denomina uma das vias públicas do Distrito de São Miguel da Serra de Irmã Regina Mibach.


LEI4589 - Rua Irmã Regina Mibach
[30,5 KB] Baixar Arquivo

LEI Nº 4.589, de 06 de junho de 2019.

 

 

 

 

Denomina uma das vias públicas do Distrito de São Miguel da Serra de Irmã Regina Mibach.

 

 

 

 

O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO UNIÃO, Estado de Santa Catarina, usando da competência privativa que lhe confere o inciso IV, do artigo 64, da Lei Orgânica do Município, faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

 

 

Art. 1º Fica denominada uma das vias públicas doDistrito de São Miguel da Serra de Irmã Regina Mibach.

 

 

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

 

 

 

Porto União, 06 de junho de 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

            ELISEU MIBACH                                                RUAN GUILHERME WOLF

             Prefeito Municipal                Secretário Municipal de Administração e Esporte    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANEXO I

 

Irma Mibach – Irmã Regina – nasceu no dia 22 de dezembro do ano de um mil novecentos e vinte e sete no Distrito de Nova Galícia, Município de Porto União – Santa Catarina; filha de Mathias Mibach e Bertha Mibach.

 

Sua irmã de sangue, Lydia Catharina Mibach – conhecida Irmã Suitberta – contou que Irma desde pequena doou sua vida pelos outros. A mãe de Irma e Lydia faleceu deixando sete filhos ainda pequenos. A menor tinha um ano e quatro meses e a mais velha quatorze anos. Ana, irmã mais velha delas, foi para cidade aprender costura para ajudar em casa. Ana deixou a escola para cuidar dos irmãos e da casa. O pai trabalhava de mecânico na cidade para conseguir sustentar a família, vinha para casa somente nos finais de semana ver os filhos.

 

Irma foi para São Paulo e entrou no Convento no dia vinte e seis de maio de um mil novecentos e quarenta e quatro como candidata e depois no aspirantado. Mais tarde fez os primeiros votos e no dia 08 de junho do ano de 1954 fez os votos perpétuos como Irmã Regina.

 

A vida da Irmã Regina era cozinhar e assim cumpriu essa missão com muito amor e dedicação. Era sempre muito alegre, esforçada e criativa, aproveitava todos os produtos da chácara. Trabalhou em muitas cozinhas da Província, principalmente no Convento, onde foi responsável por ensinar muitas jovens em formação, as quais aprenderam muito com ela, desde o trivial, até pratos mais sofisticados e finos. Fazia um saboroso chucrute e tantos outros pratos que tão bem sabia preparar, sempre com muito carinho.

 

Nos passeios comunitários ela sempre participava sorrindo dos cantos, das brincadeiras e gostava de ficar apreciando as belas paisagens. Preocupada em acolher e ajudar, sempre preparava um lanche para as irmãs que faziam longas viagens.

 

Quando sua saúde já não permitia mais assumir a direção da cozinha ela continuou ajudando como podia: descascando alimentos, picando e auxiliando no que podia. Gostava muito de ler e, em meio aos seus afazeres, sempre dedicava um tempinho para leitura. Lia principalmente escritos sobre a Congregação e histórias das primeiras irmãs. Fazia suas leituras no idioma alemão.

 

Sempre foi muito grata a tudo e especialmente a todas as irmãs que a ajudavam devido sua doença. Mesmo adoentada tirava forças para se alegrar em todas as festas, apresentações e encenações.

 


Não existem arquivos anexos


Não existem normas relacionadas